quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O dilema dos Engenheiros


O dilema não é só dos engenheiros, mas sobre eles, atualmente, a pressão é maior. Os engenheiros ocupam cada vez mais posições de liderança nas empresas. A questão é que deixam a escola com boa formação técnica e com ótimo pensamento lógico, mas sem jogo de cintura para lidar com as pessoas. Eis aí o grande desafio. Eles conhecem resistência dos materiais, mas se vêm às voltas com a motivação de seus times.
.
Encontrar engenheiros que saibam de liderança é muito raro !
.
Também dominam os cálculos de estrutura, mas têm de administrar conflitos em suas equipes. Ok, não se trata de uma catástrofe, pois os engenheiros costumam também ser bons administradores. Mas é bom lembrar que a ciência da administração tem lá suas particularidades que não podem depender só da lógica, também precisam do conhecimento específico, principalmente quando se trata de gestão de pessoas, de liderança. A responsabilidade pela formação complementar é de cada um — essa é a primeira regra e por sorte há hoje ótimas escolas de administração e negócios.
.
As empresas procuram fazer sua parte. Recentemente ouvi o desabafo de um diretor de uma grande empreiteira: — Antes, um engenheiro virava gerente depois de 15 anos de casa. Atualmente, estamos tendo que promover quem tem só cinco anos ou menos. Estamos seriamente preocupados com a falta de líderes. Na ocasião lembrei-me de outra grande multinacional brasileira que teve de diminuir seu apetite por crescimento exatamente pelo mesmo motivo: falta de líderes. É verdade, jovens com formação técnica que também tenham perfil de liderança são verdadeiras moscas brancas. Para os mais atentos, esse é um momento de grandes possibilidades — é só ligar as pontas.
.
Qualquer bom engenheiro sabe que o concreto armado revolucionou a construção no século 20 e permitiu a realização dos sonhos dos arquitetos. Vale lembrar que a gestão também fez sua revolução e permitiu a realização dos sonhos dos empreendedores. Afinal, administrar é possibilitar a transformação de algo abstrato em algo concreto, armado ou não. E, para isso, pessoas são essenciais..
.
.

3 Comentários:

Beto Montesano disse...

Estou nesta situação...Alguém pode indicar um bom livro sobre gestão de pessoas??

abs

..:: Maicon disse...

Bom dia,
Gostaria de saber o que houve, que nunca mais tivemos atualização dos POSTs?

Maicon
Criciuma, SC

Fábio Lima disse...

Desculpe Maicon, mas infelizmente o blog não voltará a ser atualizado. Com a correria do dia-a-dia (muito serviço) ficou dificil manter o blog em dia, e os poucos acessos não me motivam mais a continuar com ele. Mas agradeço sua atenção. Abraço.

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO